Minha lista de blogs

terça-feira, outubro 21, 2014

Forromob

Hoje a postagem é sobre esse grupo de forro que encontrei no YouTube.
Vc sabe dançar forró?
Liliane

domingo, outubro 19, 2014

Sardinhas

Estou fazendo para o almoço essas sardinhas, que comprei congelada.
Para lava-las, uso uma luva de pintar cabelo para não ficar com as mãos fedendo. 
Isso é que é ruim, as mãos fedendo.
São cozidas, numa panela de pressão, em água, sal, azeite, limão e vinagre.
Os temperos, a gente coloca o que quiser e tiver.
Sardinha
 Tem coentro, pimentões coloridos, tomate, cebola, alho e gengibre.
No azeite, vinagre e água.
Numa panela de pressão, por 25 minutos, as sardinhas ficam bem tenras.
As espinhas quase que se dissolvem.
Acompanha, arroz branco ou o que vc quiser.
Vamos comer?
Liliane

sábado, outubro 18, 2014

Dia do Médico-18 de outubro


Dia do Médico.
Todos os dias 18 de outubro.
Liliane

quinta-feira, outubro 16, 2014

Dia do Pão? E do padeiro?

Hoje é dia do padeiro? 
Ou é dia do pão?
Acho que dos 2.
Então viva eles. O pão e o padeiro.
Parece que todo dia é dia de alguma coisa.
Mas eu penso que todo dia é dia de todas as coisas.

Gosto muito de pão. 
Porém, depois que comprei minha MFP Britania, há mais de 2 anos, minhas idas às padarias diminuíram muito. 
A gente come o pão que é feito nela.
Pela praticidade.
Pão.
Misturo na farinha de trigo, farinhas de arroz, de casca de maracujá e de banana verde.
Com isso a quantidade de farinha de trigo, é menor.
Pão.
E é uma delícia.
Coloco, amêndoas fatiadas, linhaça, gergelim, aveia, sementes de girassol, pistache e amendoim.

Cheio de grãos.
 No pão torrado, os grão ficam crocantes.
Sem grãos.

Emília ganha um pão.
As vezes faço pão e presenteio. 

Pão da MFP.
O pão francês é muito gostoso.
A casca é melhor que o miolo. 
Pão francês.
Para presentear, gosto de colocar em cestas.
Tenho várias cestas e de vários modelos.
Presentear.
Imagina receber um cesta assim?
Aguarde. Vou mandar.
Presentear.
Viva o pão! Viva o padeiro!

quarta-feira, outubro 15, 2014

Dia do Professor

Hoje é o DIA DO PROFESSOR.
E eu tenho o maior respeito por quem ensina.
Principalmente agora, onde o nível de tolerância com marginais travestidos de alunos, extrapolou o limite do tolerável.
Aula
É um trabalho que não acaba quando a aula acaba.
Cansei de vê minha professora primária, trazendo para casa, montes de cadernos para corrigir.
Aula
E as lembranças são muitas. E são boas.
São lembranças desde criancinha, até sempre.
Quem não tem lembranças boas, de professores?
Aula
Obrigada, obrigada.
Liliane

terça-feira, outubro 14, 2014

Pais do futuro? Ouro para o Brasil.

Acho que sou umas das poucas pessoas que nunca, nunca mesmo, acreditou nesse país.
Pior é que criei meus filhos nessa descrença.
Diferente de papai que me enganou dizendo que, aqui era o país do futuro, não enganei a eles.

Começou, essa história de "futuro", num bairro de vila popular, no meio de um matagal, onde ele comprou uma casa que mal cabia a gente.
E na ocasião éramos só 4 filhos.
O matagal era lindo e cheiroso, durante o dia.
A noite era assustador
Mas ele, papai, dizia que era o bairro do futuro.
Porque lá seria construída a Cidade Universitária.
Acho que a 1ª Faculdade foi a de Medicina, onde estudei.
E demorou demais para as outras faculdades que iam dar o futuro, ao bairro e ao país, aparecer por lá.

A Cidade Universitária foi construída. 

O Campus Universitário foi construído.
Tudo demorou demais.
O Campus Universitário.

Minha Faculdade de Medicina, onde tudo começou(para mim).

Estou lembrando disso, porque li um artigo no Digestivo Cultural(www.digestivocultural.com), onde a articulista Marília Mota Silva, com o título " O ouro do Brasil", escreve sobre a doação de ouro na Campanha:  "Ouro para o Brasil".
E que as pessoas doaram objetos de ouro e até dinheiro, para ajudar o "país do futuro".

Acho que papai não deu "ouro" ou dinheiro, porque nem tinha.
Mas ele acreditava que era um país de futuro.
E eu descrente, sempre descrente.


Tem quem acredite. E eu respeito. Mas, não sou eu.
Liliane

domingo, outubro 12, 2014

Recife, visto do Catamarã.

Quando fiz um Curso de Fotografia, me apaixonei pela cidade que vivo e que mal conheço.
Aluna.
 Esse escultura linda do artista pernambucano Francisco Brennand, deu o que falar, quando foi instalada.
A mulher do Governador, na época, confundiu o papel de 1ª dama com a de"amemjsus" e viu na escultura, um pênis.
A confusão foi grande. Mas prevaleceu o bom censo e a escultura, muito bonita e que se vê a km de distância, enfeita o Parque das Esculturas.
Escultura  de Francisco Brennand
Porque a visão que temos do Catamarã, é de uma cidade linda demais.
Os belos casarões do Recife antigo.
No Catamarã
Nesse trecho foi meio assustador, porque esses pequenos marginais, pulam na água suja do Rio Capibaribe e tentam chegar ao barco.
Certamente, seríamos roubados.
Mas eles tentam e o Catamarã passa.
E vamos indo.
Liliane